Portuguese English Spanish

Sabe aquela hora que queremos saciar nossa vontade de doce mas não queremos sair da dieta ? Bem aqui está uma receita irá saciar nossa vontade e se consumirmos com moderação não sairemos da dieta.

A melhor forma de termos uma opção saudável e pratica ao nosso alcance. Confesso que amo todos os legumes e ainda mais nessa forma que fazemos ao forno eles acabam se tornando algo muito pratico para um bom almoço, lanche ou jantar, podemos usar como recheio de pizzas, panquecas, sanduiches, saladas ou mesmo como petiscos.

Na busca por uma válvula de escape (para oferecer um momento off a meu corpo e mente), acabei me encontrando no Yoga.

Confesso que, logo de início, ficou claro que conseguir desligar a mente 100% do mundo lá fora e entrar em um estado de meditação é algo que exige muito tempo de prática e dedicação; ainda estou longe deste estágio...

Ola pessoal !!!
Sabe aquele prato que lembramos de nossa infância, onde nossa mãe sempre fez e falava come filho é saudável, bem essa receita aqui é a cara da minha infância, amo essa sopa e adoro a cor dela, no início acho que comia mais pela cor heheehe mais agora o sabor me encanta e cada dia posso acrescentar ou mudar algo na receita.
É uma sopa de beterraba com inhame e um pouquinho de gengibre.

Para mim, o Brain mode é a forma mais interessante de resposta em minha bike. Através dele todo o esforço e dedicação valem mais a pena.

Fala galera, segue ai mais uma dica muito deliciosa que estou postando pra vocês aqui. Mousse de abacate com cacau...

Após tirar o pé do pedal no final de outubro e em novembro, dei início ao período transitório no qual passei 3 semanas sem tocar em minha bike (foi difícil, muito difícil!). Nesse período, busquei praticar outros esportes, como Trekking e natação. Depois disso, voltei aos poucos aos treinos, fazendo pedais com a bike Specialized Rhyme de All Mountain (uma bike 27,5 com pneus 650b e suspensão de 160mm). Rolou muita diversão e aprimoramento de técnicas em descidas.

Fisioterapia:

Após quase 6 anos de carreira, posso dizer que sou muito grata por ter o
acompanhamento de um fisioterapeuta (que também é atleta e sabe muito bem do que preciso, além de compreender minha rotina de treinos, dores, encurtamentos e lesões). Juntos estamos unindo o útil ao agradável, podemos aproveitar a tranquilidade de minha cidade natal, Pirenópolis, berço de grandes pontos para escaladores (como meu fisioterapeuta, Rafael Gomes); aqui nos vemos aos finais de semana  para seções de alongamentos, acupuntura, correção de postura e fortalecimentos muscular. 

Além da fisioterapia, tento buscar manter em minha rotina, com o aval de meus treinadores Tjeerd de Veries e Leo Van Zeeland,: 

Página 1 de 3